Mentoplastia no Rio de Janeiro

Tudo Sobre a Cirurgia do Queixo, a Mentoplastia

O que é a Cirurgia do Queixo - Mentoplastia?

A Mentoplastia é particularmente indicada quando há dificuldade na mastigação ou na respiração, mas também pode ser realizada somente para fins estéticos. É usada para aumentar, reduzir ou remodelar o contorno do queixo buscando estabelecer harmonia em todo o conjunto do contorno facial, modelando a face de forma proporcional e natural.
Embora sejam raros, esta cirurgia pode ter alguns riscos, que incluem perda de sensibilidade no rosto e sangramentos da boca e nariz. Além disto, como em todas as cirurgias, também pode acontecer infecção no local dos cortes.

O que considerar antes de fazer a Mentoplastia?

A mentoplastia só deve ser realizada após os 17 anos de idade, que é quando os ossos da face já cresceram o suficiente, e é recomendada após o uso de aparelhos nos dentes por cerca de 2 anos.

Em alguns casos, após a cirurgia, pode ser necessário continuar usando aparelho nos dentes durante alguns meses, até que toda a arcada dentária superior e inferior esteja devidamente alinhada.

Qual o Preço da Cirurgia do Queixo?

O preço deste tipo de cirurgia pode variar de pessoa para pessoa, de acordo com o grau de alteração do rosto, região e profissional contratado.

Quais São os Tipos de Mentoplastia?

O procedimento é classificado em dois tipos:
– Cirurgia ortognática classe 2, também conhecida como mentoplastia de aumento: é utilizada nos casos em que o maxilar de cima fica muito à frente dos dentes de baixo.
– Cirurgia ortognática classe 3, ou mentoplastia de redução: é utilizada para corrigir casos em que os dentes de baixo ficam muito à frente dos do maxilar de cima.

Como é Feita a Mentoplastia?

O procedimento é realizado sob anestesia local e sedação. Quando associado a outras cirurgias como a rinoplastia e o face-lifting pode se optar pela anestesia geral. A duração da cirurgia para o aumento do queixo varia de 30 minutos a 2 horas e o paciente recebe alta no mesmo dia.
O processo consiste na realização de uma incisão por dentro da boca ou na parte inferior do queixo, seguida do encaixe de uma prótese de silicone sólido ou de enxerto de gordura. Eventualmente pode ser necessário o reposicionamento do osso. Nestes casos ele é serrado, reposicionado e fixado com placas e parafusos na nova posição desejada. Feito isso, são dados os pontos de fechamento dos tecidos. A cicatriz da cirurgia é pequena e quase imperceptível, localizada abaixo do queixo.

Quanto Tempo Preciso me Preparar para a Mentoplastia?
  • Pré-Operatório
    Em caso de viroses, infecções dentárias ou de garganta, comunicar o médico até a véspera da cirurgia para o reagendamento do procedimento.
    Parar de fumar, ao menos 15 dias antes, manter jejum de 8 horas antes da operação e suspender 2 semanas antes o uso de todo e qualquer medicamento à base de ácido acetilsalicílico (AAS, Aspirina, Melhoral, Bufferin, Doril, etc) e anticoagulante.
    O pré-operatório envolve ainda uma análise facial, bem como a história médica e odontológica completas do paciente. Na análise facial, a face é dividida em três partes, com a boca e o queixo ficando no terço inferior. O cirurgião compara as proporções em cada terço, a fim de determinar o procedimento mais adequado para restabelecer o equilíbrio. O paciente então é fotografado de vários ângulos para documentar a condição do queixo antes da cirurgia. Recomenda-se que tratamentos ortodônticos sejam feitos antes da mentoplastia. Isso porque os dentes influenciam a posição dos lábios e estes determinam a estética do perfil, por isso é essencial corrigir as más posições dentárias.
  • Internação
    A internação deve ser feita em hospital ou clínica especializada e pode durar de um a dois dias.
  • Pós-Operatório
    O paciente tem alta no mesmo dia porém a recuperação pode levar de 6 a 12 meses. Quando há a colocação de implante, a prótese precisa ser mantida imobilizada por cerca de uma semana. Caso tenha sido feita uma lipoaspiração do pescoço em conjunto, ele também deve ficar protegido por uma faixa.

    Na primeira semana recomenda-se a aplicação de compressas de água fria, várias vezes ao dia e não fazer esforço ou movimentos bruscos. Após um ou dois dias pode iniciar sessões de fisioterapia bucal. A retirada dos pontos, o curativo e uma avaliação pós-operatória deve ser realizada em torno de uma semana depois da cirurgia. Prescreve-se medicação analgésica e antibiótico para reduzir o risco de infecção.

    Os primeiros 10 a 14 dias são caracterizados por edema, ou seja, o inchaço da região. Após esse período os pacientes podem retomar as suas atividades. Pode ocorrer dormência do lábio e queixo, mesmo que temporariamente. É necessário manter a cabeceira da cama elevada e evitar dormir deitado de lado. Como em outros procedimentos cirúrgicos, deve-se evitar a exposição solar enquanto houver hematomas, exercícios físicos, bem como o tabagismo.

    No início do período de recuperação é recomendável a adoção de dieta líquida, progredindo, gradualmente, para alimentos mais macios e, ao final de uma semana, retomar a ingestão de alimentos normais. A higiene oral é importante ser reforçada com soluções antissépticas, principalmente caso a incisão tenha sido feita intraoral (dentro da boca).

    É indicado, ao longo de um mês, fazer drenagem linfática no pescoço três vezes durante a semana. O edema deverá desaparecer em dois a três meses, evidenciando o resultado da mentoplastia.

Antes e Depois da Mentoplastia - Expectativa e Resultado

A mentoplastia, quando bem executada, pode melhorar a aparência e a harmonia facial. A forma do queixo tem grande influência sobre a aparência geral da face e do pescoço. Por isso, melhorá-la pode resultar em aumento significativo da autoestima do paciente.

Como encontrar Especialista em Cirurgia do Queixo?

É extremamente importante que o procedimento seja realizado por um médico especialista em face, certificado como cirurgião plástico. Pesquise sobre o profissional escolhido, procure saber se ele é membro de alguma sociedade ou associação médica e verifique o seu currículo. Uma das entidades recomendadas é a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Principais Perguntas e Respostas Sobre a Mentoplastia:

A Mentoplastia Melhora Apenas a Estética?
Não, ela pode ser usada também para quem tem problemas de mandíbula, além de ser um procedimento complementar ao face-lifting e rinoplastia, especialmente para pacientes com dificuldade de respiração.

Quais São os Efeitos da Mentoplastia na Mastigação?
Mais que um rosto perfeito, a cirurgia no queixo ou mentoplastia também pode ajudar a resgatar a saúde dos pacientes, contribuindo para uma melhor respiração, quando associada a rinoplastia. E a melhora na respiração também contribui para uma melhor mastigação.

A Cirurgia do Queixo Pode Prejudicar a Fala?
Pelo contrário, o reposicionamento do queixo muitas vezes contribui para um melhor alinhamento dos dentes e lábios, e isso ajuda o processo da fala.

Quais são os benefícios Funcionais da Mentoplastia?
Harmonização do rosto, melhoria da aparência facial e consequentemente, uma maior satisfação com a imagem pessoal e elevação da autoestima, além de um eventual ganho de qualidade na respiração, mastigação e fala.

Envie-nos suas Dúvidas!